Um dos desportos que mais tem crescido nos últimos anos é o paddle, que se tornou uma verdadeira tendência entre diferentes públicos. Desde os mais pequenos até aos mais velhos, as crianças tornaram-se amantes deste desporto de raquete.

Mas sabe de onde vem o padel? Conhece a história do padel? Se a resposta for não, então está no sítio certo! Aqui, vamos falar-lhe das origens do padel para que possa compreender melhor este desporto e desfrutá-lo ao máximo.

A origem do padel

Fala-se muito sobre a origem do padel, pois existem diferentes histórias e possíveis origens. Quer a sua origem esteja na Europa, quer tenha sido na América Latina que o desporto surgiu ou quer seja simplesmente uma variação do ténis. Este facto torna a sua origem algo complexa.

Actualmente, há duas histórias que são consideradas como a origem mais provável do padel. A primeira história do paddle situa-se na cidade costeira e turística de Acapulco, na costa mexicana do Pacífico, tendo como protagonista o empresário Enrique Corcuera, em 1898.

Segundo os historiadores, Henrique decidiu construir um campo de ténis mais pequeno para os seus filhos jogarem e rodeou-o de muros para que a bola não voasse para todo o lado. Eu chamaria a esta versão de ténis curto o jogo Padel Tennis.

A segunda história também nos leva a Acapulco, no México, mas em 1969, com o empresário espanhol Alfonso de Hohenlohe. O empresário teve a ideia de criar uma nova versão do ténis para partilhar esta actividade com os seus amigos num luxuoso clube desportivo na praia.

Para isso, inspirou-se em desportos como a pelota, o ténis e o squash, criando o estilo de jogo, as regras e, claro, o campo. De facto, diz-se que o primeiro campo de padel foi construído dentro do Hotel Hilton em Acapulco, onde começou a ganhar popularidade entre os hóspedes.

Em ambos os casos, podemos ver que o local de origem do padel é o mesmo, o México, e até a mesma cidade, Acapulco, com empresários como protagonistas. Além disso, a história do paddle começou a crescer com o boom turístico desta cidade, das suas baías e praias.

Não existe uma origem clara do padel

Embora se acredite que a origem do paddle seja a cidade costeira de Acapulco, no México, não se sabe ao certo qual foi a sua origem. Alguns acreditam mesmo que a Cidade do México é o berço do desporto.

É por isso que nem sempre é possível responder de onde vem o padel, porque enquanto alguns dirão que foi em Acapulco, outros responderão que foi na Cidade do México e outros que foi noutro país ou noutro continente.

O que podemos dizer é que a história do padel teve um crescimento acelerado porque, de onde quer que tenha surgido, rapidamente se deslocou para outros países. Na Europa, por exemplo, a Espanha é um dos principais berços do padel europeu, sendo a porta de entrada para o novo mundo devido à sua proximidade com o México.

Quando o paddle chegou a Espanha, a sua história começou a tomar forma e tornou-se um desporto muito popular entre jovens e idosos. Mas não foi só isso, para além de Espanha, outros países europeus e americanos adoptaram o padel como novo hobby, chegando mesmo à Ásia.

A história do padel em Espanha

Como já lhe dissemos, acredita-se que foi no México que o padel nasceu, no final dos anos 60. Após a sua rápida popularidade entre os habitantes locais e os turistas, o paddle chegou a Espanha no início dos anos 70, especificamente na região da Costa del Sol. De facto, há registos de que o primeiro clube de padel em Espanha foi fundado em 1974.

Logo que o padel chegou a Espanha, não fez mais do que crescer. Durante os anos 90, de acordo com a história do padel em Espanha, o número de jogadores atingiu os milhares, assim como o número de clubes e torneios.

A sua expansão foi marcada pelo aparecimento de ligas e competições internacionais, e o padel espalhou-se de Espanha para o resto do continente. É assim que podemos definir a origem do padel em Espanha e na Europa.

Actualmente, o paddle é considerado um dos desportos com maior número de praticantes em Espanha, uma vez que o número de amantes do paddle é de milhares. Além disso, existem centenas de clubes em todo o país, desde os mais pequenos aos maiores clubes profissionais.

Padel dentro de alguns anos

Embora seja difícil prever o que acontecerá ao padel dentro de alguns anos, temos a certeza de uma coisa: continuará a crescer. Se olharmos para a origem do padel e para a forma como chegou a outros países, podemos compreender que o padel só se irá expandir ainda mais.

Países como os da Ásia ainda não têm uma forte cultura de padel, pelo que é lógico pensar que este mercado será um dos próximos a ser conquistado. Do mesmo modo, os países da América Latina e os Estados Unidos podem ser outros destinos para o padel.

Como a história do padel nos mostra, à medida que o número de países onde o desporto é conhecido aumenta, o número de jogadores e de competições também aumenta. Isto torná-lo-á cada vez mais relevante e, por conseguinte, atrairá mais atenção. Se juntarmos a esta expansão a chegada de novas tecnologias que nos permitirão ter tacos de padel mais precisos, duráveis e leves, bem como melhores experiências de jogo, podemos ver que o padel tem um grande potencial para se tornar relevante. E quem sabe, talvez daqui a alguns anos se torne mesmo um desporto olímpico.

Pode interessar-lhe o nosso artigo sobre o que é o padel.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Abrir chat
1
¿Necesitas ayuda?
Chat en Línea